A SACERDOTISA, segundo Arcano Maior

A Lâmina

Chamam-lhe Sacerdotisa (High Priestess), Papisa, Alta Sacerdotisa ou Juno em vários e diferentes baralhos. c

A Sacerdotisa é o segundo arcano maior e pode ser vista seguindo a jornada do louco, onde é considerada a mãe espiritual. Sendo o arcano número 2, representa a polaridade e o feminino mais metafísico, o Yin, que é uno com o Yang, o Mago, pai espiritual. É a lâmina que espelha a sensação de sabermos algo, e o que devemos fazer a seguir.

Astrologicamente tem a lua (N) atribuída, planeta do oculto e que revela o que está por trás do véu. Na Sephiroth (Árvore da Vida) ocupa o décimo terceiro caminho, de Tiphareth (beleza) a Kether (coroa). Também chamada Ísis, antiga deusa egípcia da fertilidade, irmã e esposa de Osíris. É o Feminino expresso nas cartas, em conjunção com a Imperatriz, sendo que a Sacerdotisa lida com o lado mais metafísico (Lua) e a Imperatriz com o lado mais terreno (Vénus).

É a imagem da lei natural trabalhando nas profundezas da alma que, invisível, governa os sonhos e a intuição!

 

A Manifestação

A Sacerdotisa personifica a Lei Mental do Hermetismo… Esta clama que todo o universo é mental ou Mente, uma criação na mente do todo. Tendo em conta que somos 99% de vazio, o que nós temos é uma ilusão de matéria, o que por si só mostra o poder desta lei. É uma ilusão partilhada. Sendo apenas uma ilusão, todas as ‘atrocidades’ na nossa vida também o são, sendo por isso passíveis de mudança se assim o decidirmos. Mostra que a nossa vida é aquilo que nós queremos.

Também tem a sua carga de secretismo. Embora contenha o conhecimento ele está velado, e é libertado conforme a necessidade e a capacidade de retenção da pessoa. Assim, aparecendo pode ser um sinal de que há algo que tem de saber, mas necessidade de fazer algum trabalho e crescimento interno para o poder atingir.

Tem normalmente a ver com algo que seja só seu (ou do consulente se for o caso). Até é possível ser algo que mais ninguém perceba sequer.

 

É com uma carta com esta profundidade que podemos aprender a confiar em nós e no todo… Veja aqui como!

As significâncias e simbologias

A Lua é super presente na carta: a Tríplice Lunar que a coroa, ou coroa de Ísis (deusa mãe) e ainda temos uma segunda representação da lua, no caso RWS em baixo, sendo o oculto (eu superior que só nos deixa saber o que temos de saber), o poder psíquico, a reflexão, a mudança de fase e devido à forma o signo zodiacal Touro; também temos de ter em atenção tudo o que ela afecta, as marés por exemplo, e as  mulheres.
Ainda na própria Sacerdotisa temos mais símbolos a ter em conta: o pergaminho, lida com conhecimento, oculto, milenar ou passado de boca em boca, ou pelo contrário necessidade de mais informação. O estar inscrito como sendo a Tora puxa pelo lado mais rigoroso, e dá uma ligação directa à roda da fortuna, sendo uma versão da palavra Taro(t). Também tem a cruz ao peito, lugar do coração e todos os sentimentos associados, e sendo a cruz símbolo de religião e espiritualidade chama a atenção para a importância que estes têm na nossa vida. Por último, a fluidez das vestes, como que relembram água, oceanos, são os sentimentos e emoções privadas, que mantemos só para nós e que estão guardadas num sítio em que com este secretismo todo às vezes nem o próprio sabe o que está lá, o que pode ser perigoso.

No cenário também existem diferentes elementos. Temos logo em primeiro plano as duas colunas; uma clara e outra escura com as inscrições B e J, Belzebu e Jeová respectivamente, ou os princípios Boas e Jakim (correspondem ao Yin e Yang), e mostram a polaridade. Temos também a cortina, que separa o indivíduo do todo, o interior do exterior, e também mostra que há algo velado ao exterior. Essa cortina contém folhas de palma e romãs, que marcam o que é nosso e exprimem-no, sendo que a romã é também um símbolo de sexualidade, abundância e generosidade. Por fim temos a cor azul que  tem a ver com o divino, o céu e a água, sendo que negativado representa ingenuidade e o pensamento saudoso.

A pesar de tudo não se esqueça que são apenas informações que o podem ajudar na sua vida tarosófica. Não se esqueçam que numa tiragem que faça é consigo que o baralho vai comunicar, e se há algo que o chama mais à atenção, tem de dar a devida importância. ç

(mais detalhes no nosso livro Iluminados 78 Vezes disponível brevemente)

 

  • intuição
  • poder mental
  • mistério
  • inconsciente
  • sabedoria eterna
  • planos escondidos
  • voz interior ignorada
  • impulsividade
  • desconexão

c

Seleccione para significados específicos:

Como carta do dia!

O conselho de outras pessoas não o irá ajudar. É altura de olhar para dentro e dar ouvidos à sua voz interior.

Como Prognóstico!

Olhe para dentro de si… é o seu próprio profeta. O que projecta torna-se a sua realidade – mesmo que comece por ser fruto da sua imaginação.

Como análise amorosa!

O segredo da Sacerdotisa é a sua capacidade de compreender, separar e dar nome aos seus sentimentos, necessidades e intuições.

Como um evento!

Agora que já consegue ouvir a sua voz, é altura de confiar na sua intuição e naquilo que sabe para conseguir avançar.

Como aviso!

É a sua vida e apenas lhe cabe a si vivê-la. Não deixe de prestar atenção à sua volta, mas não se anule nem deixe de fazer o que acha correcto.

Deixar um comentário