O HIEROFANTE, quinto Arcano Maior

9 Outubro, 2014
por Sofia Quental
A Lâmina

Chamam-lhe Hierofante (Hierophant), Papa ou Sumo Sacerdote em vários e diferentes baralhos. f

Hierofante é o termo usado para designar os sacerdotes da alta hierarquia dos mistérios da Grécia e do Egipto. É o sacerdote supremo, que pode ser chamado também de Sumo Sacerdote. O exemplo mais popular de alguém que pode ser chamado de Grande Hierofante é o líder supremo da Igreja Católica Apostólica Romana, o Papa, também chamado de Sumo Pontífice.

Segundo Pierre Weil, o Sumo Pontífice (Sumo Pontifex) é aquele que lança pontes, na significação antiga, aquele que deve unir as diferentes pessoas e coordenar esforços, lançar pontes em todas as direções. Nesse sentido, o líder da ordem F:.M:.K:.R:., que, segundo os próprios integrantes da ordem, tem como tarefa principal conectar pessoas e sinergizar esforços, pode também ser chamado de Sumo Pontífice e consequentemente de Grande Hierofante.

Seguindo a jornada do louco, esta lâmina representa a sua saída de casa e começo  da sua educação formal. É quando ele aprende a ser um ser social, tem contacto com crenças e religiões aprende a identificar-se com um grupo, ou a fazer parte de algo. É regido por touro, signo de terra, trazendo uma forte ligação ao que é terreno, prático e realista. Na Sephiroth (Árvore da Vida) ocupa o décimo sexto caminho, de Chesed (misericórdia) a Chokmah (sabedoria). É uma lâmina com alguns paralelismos com Ganesha, do hinduísmo, deus da ciência e das letras, filho de Shiva e Parvati.  O seu número é o cinco, evocativo do pentagrama e dos cinco elementos (fogo, água, ar, terra, aeter)

A Manifestação

No Hermetismo representa a sétima lei hermética, a Lei de Causa e Efeito: “Toda causa tem seu efeito, todo o efeito tem a sua causa, existem muitos planos de causalidade mas nada escapa à Lei”. Isto demonstra os aspectos do Hierofante na medida em que todas as acções têm consequências, boas ou más, e temos de saber lidar com isso. O Hierofante é a autoridade na sociedade. Normalmente, ao representar pessoas mostra um tutor. Representa o ensino, a religião, a espiritualidade, o eu enquanto ser social. Pode significar o fim ou começo de uma aprendizagem terrena. Também pode querer chamar a atenção para o que já sabemos e que está na altura de incrementar o nosso lugar no meio onde nos inserimos.

Na imagem desta lâmina conseguimos ver 3 figuras, todas elas representando o hierofante, sendo que a do centro tem detalhes que fazem lembrar um papa cristão. A trindade (vista por toda lâmina, por exemplo nas três cruzes presentes nas vestes da personagem principal) religiosamente simboliza a Santíssima Trindade, mas também o culto da Deusa (virgem, mãe, rainha), os 3 mundos (céu, terra, inferno), 3 níveis de consciência (consciente, pré-consciente, inconsciente). Hoje em dia ainda há algumas ordens de monges que rapam a parte superior da cabeça, a tonsura significa uma abertura espiritual em relação a Deus. A coroa da personagem central está no lugar da coroa papal, sendo que o Papa é considerado por alguns o representante máximo de Deus na Terra. O termo pontifex maximus significa supremo construtor de pontes.  A tripla coroa é essa ponte para a tripla divindade.

As significâncias e simbologias

À semelhança de outras lâminas, O Mago como exemplo, os lírios e rosas em branco e vermelho significam pureza e amor, a base de qualquer religião verdadeira. O bastão está no papel do cajado de um pastor. O ceptro de um bispo tem duas cruzes. Três cruzes umas em cima das outras estão reservadas a papas e a líderes espirituais. Portanto aqui a carta está-nos a dizer para não servos ovelhas mas pastores. Não só os clérigos têm o poder da santidade, mas qualquer coisa pode ser uma bênção. O gesto, na terra como no céu, uma parte visível outra invisível, em baixo como em cima.

Jesus, alegadamente, usou o símbolo das chaves para legitimar Pedro. Aqui representam as chaves para o conhecimento espiritual e sabedoria. Utensílios de desbloqueamento representam conhecimento, intelecto e o revelar de algo que não está ao nosso alcance. O cinco (V) da carta e os cinco dedos da mão que abençoa representam a quintessência, os essencias. Tanto as forças como as fraquezas são dons de deus. O que interessa é o que faz com o que lhe é dado. As colunas são a marca que um edifício de porte, como por exemplo uma academia ou um templo. Se por um lado demonstram perigo e petrificação, pelo outro demonstram sustentabilidade e estabilidade. Aliadas ao facto de serem cinzentas, surge a a indiferença e o inconsciente, neutralidade, tranquilidade e tolerância.

À semelhança de outras lâminas, O Mago como exemplo, os lírios e rosas em branco e vermelho significam pureza e amor, a base de qualquer religião verdadeira. A pesar de tudo não se esqueça que são apenas informações que o podem ajudar na sua vida tarosófica.

Não se esqueçam que numa tiragem que faça é consigo que o baralho vai comunicar, e se há algo que o chama mais à atenção, tem de lhe dar a importância merecida e ver como tal se adequa à situação.

  • crenças
  • identificação com o grupo
  • aprendizagem
  • conformidade
  • tradição e fé
  • restrição
  • fanatismo
  • mediocridade
  • cegueira mental

f

Seleccione para significados específicos:

Como carta do dia!

Partilhe os seus segredos com os outros e abrace as necessidades que possam ter.

Como Prognóstico!

Esta é a maneira de compreender o sentido da sua vida. O que faz sentido vitaliza os sentidos!

Como análise amorosa!

Que ocasiões, dias, pontos de viragem mais significado tiveram para si e os que lhe estão próximos? Celebre estes pequenos eventos com reverência e devoção. Não existe nada mais importante na sua vida. (Pode ainda significar casamento caso seja lógico na tiragem)

Como um evento!

Algo vai precisar da sua atenção portanto tente retirar daí o ensinamento necessário

Como aviso!

Não siga os outros cegamente. Tome responsabilidade pelas suas acções e não descure as obrigações.

Sofia Quental

Sobre

Costumava descrever-me como um ser com ligação fraca com a terra, a passar num túnel... Sinto que evoluí bastante desde o início do projecto Vimana – Tarosofia Lusitana. A minha ligação com a terra é algo que já consigo controlar e a minha ligação com o Tarot cresceu exponencialmente!

1 comentário

Deixar um comentário