A sua história em lâminas de Tarot…

Todos os dias da nossa vida são uma corrida desenfreada no sentido de atingir cada um dos objectivos que nos propomos e de limpar a lista de afazeres que a cada dia que passa parece duplicar a sua extensão. Mas, neste louco rodopio, acabamos muitas vezes por nos esquecer da importância de parar e reflectir sobre o caminho que percorremos até então. Contemplá-lo, a ele e às lições que aprendemos, de forma a entender o propósito da nossa existência.

Uma forma incrivelmente poderosa de reflectir mais profundamente sobre as nossas vidas é-nos proporcionada pelo Tarot. A integração das suas poderosas mensagens na história dos nossos dias permite aceder a uma experiência de profunda aprendizagem pessoal que pode ser usada ao longo dos restantes anos das nossas vidas.

  • Como contar a história da sua vida em lâminas de Tarot?

O Tarot é como um livro de histórias, narrando feitos, pontos de viragem, desafios e sucessos. Se tivéssemos de narrar as grandes epopeias sem escrever uma linha, com as lâminas de tarot seria simples contar as estórias de Hércules ou a viagem dos Lusíadas.

Nesta ordem de ideias porque não usar o tarot para narrar a sua própria história? Que memórias do seu crescimento retém? Da adolescência? Da juventude? Onde está agora?

Que momentos o definiram, o fizeram quem é? Quais foram as mais difíceis decisões que teve de tomar? Poderia escrever um livro…

pictorial-key-06570 (1)

Vamos por partes.

Olhe para cada feito ou evento importante e associe-lhe um Arcano Maior. Qual deles energeticamente se associa mais fortemente ao mesmo?

Pare e reflicta. Porque fez essa escolha em particular? Que lições aprendeu? Analise a carta a fundo.

Que lhe transmite essa energia? Que nova vibração consegue agora depreender da sua memória?

Continue o processo. Poderá até repetir Arcanos ao longo dos vários momentos.

Analise agora o panorama que acabou de criar de um plano mais abrangente. Que temáticas reconhece? Que lições continuam a necessitar de aprendizagem? Que pode fazer para o conseguir?

Experimente procurar em arcanos menores se por acaso os maiores lhe parecem insuficientes.

  • Como criar uma biblioteca de histórias pessoais?

Esta técnica funciona de forma oposta à anterior. Escolha aleatoriamente uma lâmina de todo o baralho. Tente agora associá-la a um momento ou experiência particulares da sua vida e escreva a história correspondente. Use detalhe e profundidade. Sinta verdadeiramente a relação que estabeleceu.

Repita o processo semanal, ou até diariamente. Em breve será detentor de uma bela biblioteca integrada da sua vida que nunca encontrará num livro da sua própria biografia, para além de estar a desenvolver a sua profunda e íntima ligação ao seu baralho.

Estas práticas de integração pessoal são excelentes fortalecedores da relação de cada um com o baralho. Estimulam o conhecimento exclusivo e mútuo e contribuem para a fluidez e naturalidade da prática da leitura de Tarot e a abertura de novos caminhos caminhos de vida que nos elucidam mais profundamente sobre quem somos e o que aprendemos.

Para além disso e em particular, a história de vida é bastante recomendada para ocasiões como o Ano Novo ou aniversários. Não espere até ao próximo! Experimente!

2 comentários

  1. |

    Fiz isso há cerca de 25 anos… agora fiquei com vontade de voltar a ter esse meu momento de “intarotspecção” 🙂

Deixar um comentário